Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nobel da Paz para a Organização para a Interdição das Armas Químicas

Mundo

  • 333

A organização, criada em 1997, dedica-se a garantir que a Convenção de Armas Químicas é cumprida. Atualmente, monitoriza a destruição do arsenal químico da Síria

O Comité Nobel destaca os "extensos esforços" da Organização para a Interdição das Armas Químicas (OPCW, na signa inglesa) para erradicar este tipo de armamento.

"As convenções e o trabalho da OPCW definiram o uso das armas químicas como um tabu à luz da lei internacional", considera. 

o Comité Nobel norueguês realça o "amplo trabalho e esforços desenvolvidos na eliminação das armas químicas".

"Através da atribuição deste prémio, o Comité pretende contribuir para a eliminação das armas químicas" no mundo, indica o comunicado oficial.

"Os recentes acontecimentos na Síria, onde voltaram a ser usadas armas químicas, tornaram evidente a necessidade de aumentar os esforços para eliminar estas armas", afirmou Thorbjorn Jagland, secretário do Comité Nobel.

Com sede em Haia, Holanda, a organização foi formada em 1997 para garantir a aplicação da Convenção de Armas Químicas, o primeiro tratato internacional a declarar ilegal todo um tipo de armas.

São membros da OPCW 187 estados, aos quais em breve se juntará a Síria.