Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministra admite "erro sério e embaraçoso" no caso dos filmes porno

Mundo

AP

Jacqui Smith, a ministra britânica do Interior envolvida num escândalo político depois de ter apresentado uma conta do marido relativa ao aluguer de filmes para adultos como despesa pública, reconhece o erro mas garante que não tenciona demitir-se

visao.pt

"Cometi um erro, um erro sério, e assim que me chamaram a atenção pedi desculpa e devolvi o dinheiro", afirmou Jacqui Smith, à BBC.

A ministra apresentou em Junho do ano passado uma despesa do seu marido,  e também seu chefe de gabinete, de 67 libras (72 euros), correspondente a uma factura da Virgin Media por serviços de televisão,  Da factura constam 10 libras por dois filmes pornográficos, avançou na altura a imprensa britânica.

Mas esta não é a única controvérsia a envolver as contas de Jacqui Smith, que tem sido duramente criticada por apresentar despesas até de tomadas eléctricas para a sua casa.

"Tenho sempre tentado certificar-me que o que reclamo é justo e razoável", garante.