Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Merkel vitoriosa mas sem maioria absoluta

Mundo

  • 333

A chanceler alemão vai agora negociar com o SDP e os Verdes uma coligação para governar a Alemanha

A chanceler alemã Angela Merkel venceu as legislativas de domingo, com o partido conservador CDU/CSU a conseguir 41,5% dos votos, indicam resultados oficiais provisórios divulgados esta madrugada.

O aliado liberal FDP, na coligação governamental cessante, foi afastado da câmara baixa do parlamento (Bundestag), pela primeira vez na história da República Federal da Alemanha, por só ter conseguido 4,8% dos votos, ficando aquém dos 5% necessários para ter representação parlamentar.

O partido social-democrata SPD, com o qual Angela Merkel poderá formar uma coligação governativa, conseguiu 25,7% dos votos, de acordo com os mesmos dados.

Portugal no topo dos problemas

O Wall Street Journal escreve hoje que, terminadas as eleições na Alemanha, a zona euro precisa de voltar a focar-se no combate à crise, com Portugal a surgir no topo dos "problemas urgentes".

"Agora que as eleições alemãs terminaram, a zona euro precisa de voltar ao combate à crise" e "no topo da lista de problemas urgentes" está o que fazer em relação a Portugal'", lê-se na notícia com o título "Portugal pode estar a cozinhar uma tempestade", divulgada pela edição digital do diário.

De acordo com o Wall Street Journal, Portugal é o único dos países em crise que "não tem vindo a retirar qualquer benefício de uma melhoria da perceção em relação à zona euro".