Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Menino de 3 anos mata-se com arma que encontrou num roupeiro

Mundo

  • 333

Reuters

A arma de fogo pertencia a um amigo da família que estava a viver na casa. O caso trágico já reacendeu o debate sobre a posse e segurança de armas nos EUA

A criança, que vivia numa cidade no Michigan, Estados Unidos, morreu no passado fim-de-semana depois de ter, acidentalmente, disparado sobre si própria, na cabeça, com uma arma que encontrou num roupeiro. Na mesma casa viviam outras três crianças.

Segundo a polícia, citada pela CNN, a arma descoberta pelo pequeno Damon Holbrook, de 3 anos, pertencia a um amigo da família, que estava a viver na casa. A arma estava carregada, com uma bala, e não estava trancada.

O proprietário arrisca-se agora a uma pena que pode ir até dois anos de prisão ou uma multa de 2 mil dólares pela falta de cuidado com a arma.

No rescaldo ddo trágico incidente, o pai do menino apelou no Facebook a que todos os que tenham armas as coloquem fora do alcance das crianças.

Só nos EUA, em maio, um menino de cinco anos matou a irmã de dois anos com um disparo acidental. Um mês antes, outro menino de quatro anos atingiu também fatalmente uma mulher de 48 anos e, apenas uns dias depois, outra criança de seis anos morreu, com um tiro na cabeça disparado por um amigo, de quatro.

Entre 2001 e 2010, 703 crianças com menos de 15 anos morreram na sequência de acidentes com armas, nos Estados Unidos. No mesmo período quase 8 mil ficaram feridas.