Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Medo deixa sem-abrigo a quem polícia ofereceu botas novamente descalço

Mundo

  • 333

O ato de generosidade de um polícia nova-iorquino, que pagou do seu bolso um par de botas para dar a um sem-abrigo caiu nas boas graças da Internet. Mas o mendigo, agradecido, diz que usá-las poderia até por a sua vida em risco. VEJA A FOTO

Numa noite gelada em Nova Iorque, o agente Lawrence Deprimo deu um par de botas para um sem-abrigo que estava descalço.  Jennifer Florece, que visitava Times Square nessa noite de 14 de novembro, testemunhou o momento em que o polícia se aproximou do mendigo, que pedia dinheiro, e lhe disse que tinha umas botas para ele. Mas não se ficou por aí: de cócoras, ajudou o homem a calçar umas meias e as botas.

Alegadamente sem que nenhum dos intervenientes se aperbecesse que estava a ser observado, a turista fotografou a cena e enviou a imagem para o Departamento de Polícia de Nova Iorque, que a publicou na sua página no Facebook. A foto já recebeu mais de 48 mil comentários e mais de 600 mil "gosto".

Ao The New York Times, Lawrence Deprimo, 25 anos, conta ter ficado chocado com os pés descalços do sem-abrigo: "Eu tinha dois pares de meias e mesmo assim tinha frio".

Mas a história que as redes sociais rapidamente adotaram como um símbolo dos gestos de generosidade diários e anónimos, não acaba aqui. O mesmo jornal foi à procura do sem-abrigo e encontrou-o novamente... sem sapatos. E sem sinais também das botas, que tinham custado cerca de 100 dólares (76 euros).

"Estão escondidas", explicou o sem-abrigo, Jeffrey Hillman. "Valem muito dinheiro. Podia perder a vida".