Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Maquinista desligou chamada antes do descarrilamento

Mundo

  • 333

As novas informações obtidas a partir das caixas negras do comboio que descarrilou no dia 24 de julho revelam que Francisco José Garzón desligou a chamada telefónica 11 segundos antes do acidente

A primeira análise às caixas negras do comboio revelou que o maquinista, acusado de homicídio involuntário de 79 pessoas, estava ao telemóvel no momento do acidente e que o comboio circulava nessa altura a 153 kms/hora.

No entanto, o Tribunal Superior de Justiça da Galiza anunciou esta sexta-feira que o maquinista, afinal, tinha desligado a chamada 11 segundos antes do sinistro. Os novos dados oficiais indicam ainda que o comboio descarrilou a uma velocidade de 179 kms/hora, tendo atingido os tais 153 poucos segundos depois e já fora dos carris.

O descarrilamento ocorreu em Santiago de Compostela no passado dia 24 de Julho e fez 79 mortos.