Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de 60 pessoas, na maioria mulheres e crianças, morreram esmagadas na Costa do Marfim

Mundo

  • 333

As celebrações de Ano Novo depressa de transformaram em pesadelo na cidade de Abidjan, quando uma avalanche humana provocou a morte a, pelo menos 60 pessoas, na sua maioria mulheres e crianças, na Costa do Marfim

"Há cerca de 60 mortos e perto de 200 feridos", confirmou um polícia às agências noticiosas internacionais. O episódio trágico teve lugar em frente ao estádio de Abidjan, onde uma multidão se reuniu para assistir ao espetáculo de fogo de artifício da passagem de ano.

Por volta da 1h da madrugada, criou-se uma "grande avanlanche" humana, conforme explicou à Reuters o tenente-coronel Sako, o que levou à morte, por esmagamento, de dezenas de pessoas.

A maioria das vítimas mortais são mulheres e criannças.