Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Líder da Coreia do Norte já substituiu quase metade dos altos dirigentes

Mundo

  • 333

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, substituiu cerca de metade dos titulares dos altos cargos desde que assumiu o poder para reforçar o seu controlo do país

VEJA TAMBÉM:

Kim, que chegou ao poder na Coreia do Norte em dezembro de 2011, depois da morte do seu pai, Kim Jong-il, substituiu até ao momento 97 dos 218 altos cargos do exército, Partido dos Trabalhadores e governo, o que representa 44 % do total, informou hoje o diário Chosun Ilbo.

"Desses 97 altos cargos, 68 foram substituídos em abril do ano passado, quando Kim Jong-un alcançou o controlo total no IV Congresso do Partido, em que foi anunciada oficialmente a sua sucessão", disse um porta-voz do Ministério sul-coreano.

Só este ano, o líder norte-coreano substituiu 29 funcionários com altos cargos, indica o mesmo relatório.

As trocas de lugares ocorreram sobretudo no âmbito da política económica do país, com o objetivo de reforçar a "débil posição" de Kim com resultados visíveis na sua missão de revitalizar a Coreia do Norte, severamente afetada pela pobreza e fome, apontou um analista sul-coreano citado pelo Chosun Ilbo.

Uma das últimas substituições ocorreu em meados de maio, quando o governo norte-coreano nomeou um general relativamente jovem e desconhecido como ministro das Forças Armadas