Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Líbia: Número de mortos em Al-Zawyia pode ascender as duas centenas

Mundo

AP

As forças militares líbias tentam fechar o cerco à cidade de Al-Zawyia. Os confrontos foram muito violentos e os rebeldes que ocupam esta cidade asseguram ter vencido um dos últimos assaltos das forças de Kadhafi

O número de vítimas mortais na cidade de Al-Zawyia, a cerca de 50 quilómetros de Tripoli, poderá ascender as duas centenas, segundo fontes médicas locais, citadas pela estação de televisão Al-Jazeera.

O primeiro balanço dos violentos confrontos, que decorrem desde sexta-feira, dava conta de cerca de 70 mortos e perto de 300 feridos.

As forças militares líbias tentam fechar o cerco à cidade de Al-Zawyia, que os rebeldes julgavam ter já sob controlo. De acordo com o diretor do centro de informação da oposição rebelde em Bengazi, Mohamed Salem Musa, pelo menos 70 pessoas morreram, entre civis, rebeldes e milícias, e 300 terão ficado feridas desde sexta-feira em Al-Zawiya.

Os rebeldes que ocupam esta cidade asseguram ter vencido um dos últimos assaltos das forças de Kadhafi, mas a Al-Zawiya chegou hoje já uma nova coluna militar, aos comandos do general Jueildi al Humaidi, e já terá tomado posições estratégicas na cidade com disparos de mosteiros e fogo de artilharia.