Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Libertada mulher suíça que estava refém no Iémen há mais de um ano

Mundo

  • 333

Reuters

Uma cidadã suíça, refém durante mais de um ano no Iémen, foi libertada e transferida durante esta noite para Doha, na sequência de uma mediação do Qatar

"A refém suíça, Sylvia Abrahat, em cativeiro há mais de um ano no Iémen, chegou esta noite ao aeroporto de Doha depois de ter sido libertada graças a uma mediação do Qatar", noticiou a agência oficial Qna, sem precisar as circunstâncias exatas da sua libertação.

Com 36 anos, a cidadã suíça foi capturada a 14 de março de 2012 por homens armados na sua casa em Hodeïda, no oeste do Iémen, onde trabalhava como professora num instituto de línguas.