Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jornalista francesa diz também ter sido vítima de Strauss-Kahn

Mundo

Uma jornalista e escritora francesa acusou, em fevereiro de 2007, durante uma emissão de televisão, Dominique Strauss-Kahn de a ter agredido, referindo-se ao atual diretor do FMI como "um chimpanzé com cio". VEJA AS FOTOS

VEJA TAMBÉM:

Tristane Banon, uma jovem jornalista e escritora francesa, contou durante uma emissão do programa "93, Faubourg Saint-Honoré", com vários convidados, que tinha sido vítima de uma tentativa de agressão sexual por parte de um político muito conhecido, e que acusou de ser "um chimpanzé com cio".

Apesar de Banon falar expressamente de "DSK" (como Strauss-Kahn é conhecido geralmente em França), o nome foi "bipado", para que os espetadores não pudessem saber de quem se tratava.

O diretor-geral do Fundo Monetário Internacional deixou esta noite o comissariado de Nova Iorque algemado nas costas, decorridas cerca de 30 horas da sua detenção num avião da Air France, acusado de agredir sexualmente uma empregada de hotel.

A polícia agiu depois de recebido informações do departamento de polícia de Nova Iorque, que estava a investigar "um ataque brutal a uma mulher", funcionária do Sofitel em Nova Iorque, segundo o New York Times.