Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Indignação em Itália com a detenção de uma criança à porta da escola

Mundo

  • 333

Um menino de 10 anos foi detido à porta da escola, por vários polícias à paisana, que o forçaram a entrar para o carro. A operação foi ordenada por um juiz para retirar a criança da custódia da mãe. VEJA O VÍDEO

Agarrado pelos braços e pelas pernas, o menino foi arrastado até ao carro da polícia, ao som dos gritos de protesto de uma tia, que filmou o episódio com um telemóvel.

Os agentes apareceram de surpresa, às oito da manhã, à porta da escola frequentada pela criança, para cumprir uma ordem da secção de menores do tribunal de Veneza. Em causa estava a retirada da custódia da mãe, com quem o menino vivia desde a separação dos pais, para passá-la ao progenitor.

Segundo a imprensa italiana, sempre que os assistentes sociais apareciam em casa da mãe para levá-lo, o rapaz escondia-se debaixo da cama e recusava-se a sair de lá, o que levou o tribunal a decretar a operação da polícia.

O episódio gerou uma onda de indignação em Itália e já mereceu a intervenção dos presidentes do Senado e do Parlamento, que exigem uma explicação "urgente" ao chefe da polícia.

"As imagens provocaram consternação a todos os italianos", afirmou o presidente do senado italiano. "Todas as crianças têm direito a ser escutadas e respeitadas", recordou.

O vídeo está a merecer destaque em todos os media italianos.