Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Imagens mostram terror de avó e cinco netos rodeados pelas chamas

Mundo

  • 333

Sozinhos com cinco netos numa casa que rapidamente seria engolida pelo fogo, o casal Holmes refugiou-se no único local que lhe pareceu (e assim se confirmou) seguro: dentro de água. As imagens estão a correr mundo como símbolo da trágica onda de incêndios na Austrália nos últimos dias. VEJA AS FOTOS

Chegue atrasado Por duas razões: Em primeiro lugar para evitar ter de fazer sala com aquela colega aborrecida com quem nunca trocou uma palavra e que é sempre a primeira a chegar; E em segundo, porque, assim, quando chegar, todos terão uma desculpa para interromper as conversas de circunstância: "Olha quem chegou!"
1 / 3

Chegue atrasado Por duas razões: Em primeiro lugar para evitar ter de fazer sala com aquela colega aborrecida com quem nunca trocou uma palavra e que é sempre a primeira a chegar; E em segundo, porque, assim, quando chegar, todos terão uma desculpa para interromper as conversas de circunstância: "Olha quem chegou!"

Nunca se ofereça para planear... e muito menos para limpar Os "homens a sério", garante a GQ, deixam os detalhes sujos para os outros, porque estão ocupados a ter ideias fantásticas
2 / 3

Nunca se ofereça para planear... e muito menos para limpar Os "homens a sério", garante a GQ, deixam os detalhes sujos para os outros, porque estão ocupados a ter ideias fantásticas

Leve sempre um acompanhante É a melhor desculpa para ser anti-social
3 / 3

Leve sempre um acompanhante É a melhor desculpa para ser anti-social

Entre as 90 casas que arderam na cidade de Dunalley, na ilha da Tasmânia, Austrália, conta-se a de Tammy e Tim Holmes. Com cinco netos ao seu cuidado - a mãe tinha ido a um funeral - o casal procurou refúgio na água, junto a um pontão, onde se mantiveram durante mais de duas horas, rodeados pelas chamas, que tornavam o ar dificilmente respirável.

Nas imagens vê-se a avó com Charlotte, de dois anos, e Esther, de quatro, ao colo enquanto Liam, de nove anos se apoioa na estrutura de madeira para se manter à tona. Matilda, a mais velha, com 11 anos, segura-se com apenas uma mão ao pontão para, com a outra, envolver o irmão Caleb, de seis.

À ABC australiana, Bonnie Walker, a mãe das crianças recorda que soube pelo telefone que os pais e os filhos tinham conseguido fugir de casa, mas que estavam rodeados pelas chamas. 

A aflição durou cerca de duas horas e meia, até que Tim Holmes conseguiu um pequeno barco e resgatou a família.