Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo grego anuncia encerramento imediato da TV e rádio públicas

Mundo

  • 333

O Governo acusa a ERT de ser "um caso de falta de transparência e de esbanjamento". Promete um novo organismo público para breve. Há 2700 empregos em risco. Os funcionários tomaram conta das instalações

O Governo grego anunciou esta terça-feira o encerramento imediato da televisão e rádio pública, ERT, o que vai levar ao despedimento de 2.700 pessoas.

"A ERT é um caso de extraordinária falta de transparência e de incrível esbanjamento. Isso acaba agora", disse o porta-voz do Governo, Simos Kedikoglou, em conferência de imprensa.

"A ERT deixa de existir após o fecho da emissão esta noite. Em seu lugar, começará a funcionar o mais rapidamente possível um organismo público, moderno, com muito menos pessoal", disse.

Trabalhadores ocupam instalações

Mal foi conhecida a decisão do Governo grego, um grupo de funcionários da ERT ocuparam as instalações e prometem não as abandonar. Portem ocupar o prémido durante 24 horas, sete dias por semana.