Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Funcionária de banco confessou roubo de mais de 60 mil euros a escritor

Mundo

  • 333

Getty Images

A funcionária de um banco australiano confessou hoje em tribunal ter roubado 71 mil dólares australianos (63.800 euros) da conta do escritor Thomas Keneally, autor da obra "A Lista de Schindler", levada ao cinema por Steven Spielberg

A funcionária do Commonwealth Bank Karen Myhnh Chau, de 39 anos, declarou-se culpada de ter também roubado dinheiro das contas de outros cinco clientes da instituição para a qual trabalhava, de acordo com o diário Sydney Morning Herald.

O jornal refere que os roubos envolvem um total de 247 mil dólares australianos (210.400 euros), tendo sido realizados entre outubro de 2010 e janeiro deste ano.