Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Foi libertada a mais jovem rapariga condenada à pena de morte

Mundo

  • 333

Com 15 anos de idade, Paula Cooper foi condenada à morte. Uma alteração legislativa passou a pena para 60 anos de cadeia. Agora, com 43 anos, saiu em liberdade condicional

Em 1985, nos Estados Unidos da América, Paula Cooper apunhalou 33 vezes, com uma faca de talhante, Ruth Pelke, uma professora de estudos bíblicos com 75 anos.

A adolescente foi condenada à pena de morte. No entanto, na altura fora aprovada, em Indiana, uma lei estadual que elevava o limite mínimo de idade de execução de 10 para 16 anos, e essa sentença ficou sem efeito.

A pena de 60 anos de prisão à qual foi, então, submetida foi reduzida, agora, devido ao bom comportamento da prisioneira. 28 anos depois Paula Cooper encontra-se em liberdade condicional. Tem agora 43 anos.