Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Exame de Direito choca alunos de Cambridge pelas descrições sexuais explícitas

Mundo

  • 333

O cenário apresentado aos estudantes da Universidade de Cambridge para testar os seus conhecimentos sobre Direito descrevia um ritual iniciático que incluia sexo oral, violação masculina e tortura 

Os alunos da Universidade de Cambridge que este fim-de-semana encheram um auditório para dar provas dos seus conhecimentos sobre direito criminal foram surpreendidos com o teor das perguntas. Segundo o The Telegraph, se uns ficaram chocados com o conteúdo "horrível" das questões, outros indignaram-se com a "total deturpação" da maioria das sociedades de alunos.

A nona pergunta, a que responderam mais de 200 jovens, na sua maioria caloiros, descrevia o ritual de iniciação de três novos membros de uma sociedade universitária, em que um dos estudantes, de olhos vendados, recebia sexo oral de outro jovem, enquanto outro era sodomizado com uma garrafa. O terceiro morreria de uma infeção na sequência da remoção dos pelos púbicos.

Aos alunos era pedido que mencionassem que crimes tinham sido cometidos neste ritual.

Horas depois de terminado o exame, as redes sociais foram inundadas de comentários de surpresa, entre "a incredulidade e o divertimento".

Um porta voz da Universidade de Cambridge esclarece que nos exames são "apresentadas situações hipotéticas para testar a compreensão dos estudantes dos diferentes aspetos do direito criminal".