Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Edward Snowden chega a Moscovo com a ajuda da WikiLeaks

Mundo

  • 333

Reuters

Snowden, o ex-agente dos serviços secretos norte-americanos que denunciou um programa de vigilância às comunicações, saiu de Hong Kong com a ajuda da WikiLeaks

O avião em que supostamente se encontra o antigo agente da CIA - Edward Snowden, que é acusado de espionagem pelos Estados Unidos da América (EUA), aterrou em Moscovo. 

De acordo com a Interfax, Snowden, cuja extradição foi pedida pelos EUA, terá saído hoje de Hong Kong rumo à capital russa, ainda que o seu destino final deva ser outro, ainda incerto.

Snowden, o ex-agente dos serviços secretos norte-americanos que denunciou um programa norte-americano de vigilância às comunicações, saiu de Hong Kong com a assistência da WikiLeaks. A organização de Julian Assange deu a conhecer através do Twitter que "ajudou senhor Snowden a encontrar asílio político num país democrático, na elaboração dos documentos de viagem e na saída em segurança de Hong Kong". As autoridades do Equador confirmam que receberam um pedido de asilo político. 

Fontes consultadas pela agência Interfax apontam para a possibilidade de Snowden passar esta noite na embaixada da Venezuela em Moscovo, à espera do voo que parte na segunda-feira para Caracas, a capital venezuelana. As

A Universidade de Tsinghua, em Pequim, um dos mais prestigiados centros de investigação na China em setores como o da tecnologia, foi alvo de vigilância eletrónica por parte dos Estados Unidos, segundo informações relevadas por Edward Snowden, revela a imprensa de Hong Kong, citada pela agência de notícias espanhola Efe.