Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Eclipse do Sol mergulhou a Ásia na escuridão

Mundo

O mais longo eclipse total do Sol do Século XXI mergulhou esta quarta-feira uma parte da Ásia nas trevas e terá sido observado por dois mil milhões de pessoas. VEJA A GALERIA DE FOTOS E O VÍDEO

visao.pt

Era dia e ficou escuro. As temperaturas desceram. E milhões de espectadores observaram, estasiados, o fenómeno. 

O Sol ficou totalmente encoberto pela Lua numa zona pouco habitada do Pacífico durante 6 minutos e 39 segundos esta madrugada, uma duração recorde que só virá a ser batida no ano de 2132.

O eclipse começou por poder ser observado na Índia e depois no Nepal, Bangladesh, Vietname, China e algumas partes do Pacífico.

O céu espessamente coberto de nuvens impediu a observação do fenómeno em perfeitas condições em muitas das regiões.

Os eclipses totais ocorrem cerca de duas vezes por ano, mas este foi o mais longo deste século, acentuando o carácter místico que muitos atribuem a este fenómeno. Na Índia, por exemplo, milhares não quiseram perder a oportunidade de mergulgar no rio Ganges, como forma de limpar as suas almas.

Mas os eclipses estão associados a muitas outras superstições na Índia, que levam as mulheres grávidas a não sair à rua enquanto dura o fenómeno, para que os bebés não nasçam com marcas no corpo.

Na China, onde o eclipse também é visto como fonte de má sorte, estudantes, adultos e idosos apinharam-se nas ruas para assistir ao eclipse.