Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Diamantes avaliados em 37 milhões de euros roubados no aeroporto de Bruxelas

Mundo

  • 333

Os diamantes foram roubados de uma carrinha de transportes no momento em que os seus ocupantes se preparavam para carregar um avião, com destino a Zurique

O lote de diamantes roubado na segunda-feira à noite no aeroporto de Bruxelas vale 50 milhões de dólares (37 milhões de euros), estimou hoje o Centro Mundial de Diamantes de Antuérpia (AWDC, na sigla inglesa).

Os diamantes foram roubados no aeroporto, em Zaventem, por assaltantes que atacaram uma carrinha de transportes no momento em que os seus ocupantes se preparavam para carregar um avião da companhia aérea suiça Swiss, com destino a Zurique.

A porta-voz da AWDC, Caroline De Wolf, citada pela imprensa belga, precisou que o lote de diamantes era composto principalmente por pedras em bruto e disse aguardar os resultados das investigações policiais.

"O transporte de dinheiro e objetos de valor é algo que acontece todos os dias. O que nos preocupa é a facilidade com quem um carro entra na pista do aeroporto", acrescentou a porta-voz que agora aguarda os resultados da investigação. 

Em comunicado, o aeroporto afirmou que os ladrões - um grupo fortemente armado - danificaram uma cerca por outro entraram, por volta das 20h47, hora de Lisboa, com dois veículos e dirigiram-se ao avião da companhia aérea suiça. "Não houve disparos e não resultaram feridos", acrescentou.

O roubo durou apenas alguns minutos. Os assaltantes acabaram por sair pela mesma cerca por onde entraram. Mais tarde foi encontrado um veículo queimado fora de Bruxelas que poderá ser um dos carros utilizados para a fuga.