Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Detido quinto suspeito da violação coletiva de fotógrafa na Índia

Mundo

  • 333

A polícia indiana prendeu este domingo mais um suspeito da violação coletiva de uma repórter fotográfica, de 23 anos, que reacendeu a indignação nacional e internacional pela falta de segurança das mulheres no país

Pouco depois do ataque, na quinta-feira, as autoridades anunciaram que estavam à procura de cinco suspeitos. 

Neste que é o mais recente caso mediático de violação em grupo, a jovem fotógrafa e um colega estavam a recolher imagens em Mumbai quando, de acordo com os dados da polícia, foram abordados por alguns homens, com um a informá-los de que o "chefe" os tinha visto a tirar fotografias, pelo que teriam de os acompanhar.  

Segundo a vítima, um dos homens ainda acusou o seu colega jornalista de ser responsável por uma morte, há uns dias. 

Recusando sempre libertá-los, embora os seus pedidos, o grupo atou as mãos do colega da vítima com um cinto, e levou a jovem para trás de uma parede, onde terá ocorrido a violação.

A vítima está estável, no hospital.