Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Depois do tufão Haiyan, tempestade Zoraida chega às Filipinas

Mundo

  • 333

A tempestade tropical Zoraida chegou a terra, hoje de manhã, na região de Davao Oriental, na ilha de Mindanao, no sul das Filipinas, com ventos máximos de 55 quilómetros por hora. O mais recente balanço aponta para pelo menos 1.744 mortos com a passagem do tufão Haiyan

MÁSCARA, CAOS E SILÊNCIO - É a primeira sensação e uma espécie de passaporte para uma nova realidade: o momento em que nos colocam a máscara de oxigénioe, na maca, entramos num mundo de caos e de silêncios, onde o medo se confunde com a esperança que nos colocam a máscara de oxigénioe, na maca, entramos num mundo de caos e de silêncios, onde o medo se
1 / 22

MÁSCARA, CAOS E SILÊNCIO - É a primeira sensação e uma espécie de passaporte para uma nova realidade: o momento em que nos colocam a máscara de oxigénioe, na maca, entramos num mundo de caos e de silêncios, onde o medo se confunde com a esperança que nos colocam a máscara de oxigénioe, na maca, entramos num mundo de caos e de silêncios, onde o medo se

moonspell
2 / 22

moonspell

moonspell
3 / 22

moonspell

moonspell
4 / 22

moonspell

moonspell
5 / 22

moonspell

moonspell
6 / 22

moonspell

moonspell
7 / 22

moonspell

moonspell
8 / 22

moonspell

moonspell
9 / 22

moonspell

moonspell
10 / 22

moonspell

moonspell
11 / 22

moonspell

moonspell
12 / 22

moonspell

moonspell
13 / 22

moonspell

moonspell
14 / 22

moonspell

moonspell
15 / 22

moonspell

moonspell
16 / 22

moonspell

moonspell
17 / 22

moonspell

moonspell
18 / 22

moonspell

moonspell
19 / 22

moonspell

moonspell
20 / 22

moonspell

moonspell
21 / 22

moonspell

moonspell
22 / 22

moonspell

A tempestade move-se para noroeste a uma velocidade de 30 quilómetros por hora, esperando-se que chegue, na manhã de quarta-feira, à cidade de Iloilo, na ilha de Panai, por onde passou o tufão Haiyan há quatro dias.

De acordo com o mais recente balanço divulgado hoje pelas autoridades, pelo menos 1.744 pessoas morreram nas Filipinas à passagem do tufão Haiyan, embora números não oficiais apontem para números muito superiores.

As Nações Unidas, por exemplo, estimam em mais de dez mil os mortos causados pelo tufão Haiyan que, há quatro dias, arrasou a região centro do arquipélago. O Conselho para a Gestão e Redução de Desastres das Filipinas continua com o lento processo de contagem das vítimas, com o seu mais recente relatório a informar ainda de 2.487 feridos.