Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Croácia já é o 28º país-membro da União Europeia

Mundo

  • 333

Reuters

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, felicitou domingo a Croácia pela adesão à UE e proclamou, diante de milhares de pessoas em Zagreb, que o país regressou "ao seu lugar adequado, ao coração da Europa"

A Croácia tornou-se o 28º país-membro da União Europeia às 00h00 locais (23h00 de domingo em Lisboa).

Dirigindo-se às 20 mil pessoas concentradas na Praça Ban Jelacic, o presidente da Comissão Europeia disse, em croata: "Bem-vindos à União Europeia".

Momentos depois, o "Hino à Alegria", de Beethoven, assinalou a entrada da Croácia na UE e o fogo-de-artifício encheu o céu de cores.

"Vocês devolveram a Croácia ao seu lugar adequado, ao coração da Europa", afirmou Durão Barroso, perante os populares que assistiam à cerimónia.

Para o ex-primeiro-ministro português, a Croácia fez uma "mudança enorme" e é uma "democracia plena", depois das reformas exigidas pela União Europeia.

"Hoje é o fim de um processo e o primeiro capítulo de uma nova história de sucesso", declarou.

O primeiro-ministro croata, Zoran Milanovic, assumiu numa "noite histórica" as "novas responsabilidades" que a adesão à União Europeia traz à Croácia.

"Estendemos as mãos aos países da região para que cumpram com os critérios europeus tão cedo quanto seja possível", referiu.

Para o Presidente da Croácia, Ivo Josipovic, a Europa "é um elemento-chave da identidade" croata, uma "comunidade de paz e segurança", significando a adesão à UE o sonho de "muitas gerações".

A Croácia une-se ao bloco comunitário após mais de uma década de negociações e pouco mais de 20 anos depois de declarar a sua independência da ex-Jugoslávia.

O acesso da Croácia à UE constitui a sétima fase de alargamento da comunidade europeia desde a sua formação, em 1957, e precede as fases de adesão da Turquia, da Macedónia, da Islândia, de Montenegro e Sérvia, países com estatuto de candidatos.

A primeira república da ex-Jugoslávia a aderir à União Europeia foi, em 2004, a Eslovénia.