Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Companhia aérea espanhola nega situação de sequestro

Mundo

  • 333

A Vueling negou a existência de reféns no interior de um avião da empresa que hoje aterrou no aeroporto de Amesterdão-Schiphol (Holanda), com 180 pessoas a bordo

"Não é verdade", afirmou, em declarações à agência noticiosa francesa AFP, uma porta-voz da companhia aérea espanhola, sem avançar mais pormenores.

A polícia do aeroporto da capital holandesa indicou hoje que suspeitava da existência de reféns no interior de um avião que fazia a rota Málaga-Amesterdão.

O aparelho aterrou no aeroporto após ter sido escoltado por dois caças F-16.