Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

China desvia tráfego de internet dos EUA

Mundo

Durante 18 minutos, uma empresa de telecomunicações chinesa desviou cerca de 15% do total do tráfego online para um dos seus servidores, incluindo trocas de e-mails entre altas figuras do governo norte-americano

Foi no dia 8 de Abril desde ano. Ao longo de 18 minutos, 15% de toda a informação mundial que circulou na internet passou pelo servidor de uma empresa estatal chinesa.

O desvio foi anunciado quarta-feira no congresso norte-americano, entre a preocupação de terem sido captados e-mails altamente sensíveis e o receio de que a China esteja a testar uma arma virtual capaz de desviar o tráfego de servidores estrangeiros.

E-mails do Senado, do Departamento de Defesa e na Nasa terão sido apenas alguns dos intercetados pela China.

As autoridades chinesas já reagiram à denúncia, alegando que o desvio foi acidental.