Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chávez: Ahmadinejad homenageia "mártir" que morreu de "doença suspeita"

Mundo

  • 333

Reuters

O presidente do Irão, Mahmud Ahmadinejad, referiu-se hoje a Hugo Chávez, que morreu na terça-feira, de "doença suspeita", como um "mártir por ter servido o seu povo e protegido os valores humanos e revolucionários"

Numa carta de condolências publicada no site da presidência iraniana, Ahmadinejad afirma que Chávez sucumbiu a "uma doença suspeita" e afirma que o seu aliado "é na verdade um mártir por ter servido o seu povo e protegido os valores humanos e revolucionários".

"Ele morreu de uma doença suspeita e deu a sua vida... à elevação do seu país e à liberdade do seu povo" disse Ahmadinejad numa mensagem de condolências ao vice-presidente Nicolás Maduro.

O presidente iraniano apoiava assim declarações feitas por Maduro pouco antes do anúncio da morte de Chávez, nas quais afirmava que os inimigos da Venezuela tinham de alguma forma provocado o cancro que acabou por matar o líder socialista.