Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chamada falsa, em nome da rainha, consegue detalhes sobre o estado de Kate Middleton

Mundo

  • 333

Associated Press

Não foi preciso grande engenho para um par de apresentadores de uma radio australiana conseguir falar com a enfermeira que está encarregue de vigiar a duquesa de Cambridge. OIÇA A CHAMADA

Desde que Kate Middleton deu entrada no Hospital King Edward VII, no centro de Londres, na passada segunda-feira, dia em que foi anunciada a gravidez real, que a instituição é alvo de um grande aparato de segurança. E de jornalistas, que vigiam as entradas e saídas do marido, o príncipe William, sem conseguir chegar à fala com nenhum responsável. Mas uma rádio australiana encontrou um "atalho". Dois apresentadores, fazendo-se passar pela rainha e pelo príncipe Carlos conseguiram obter informação privada sobre o estado de Kate.

Os media britânicos não divulgaram a informação confidencial, mas ouve-se, na gravação, a enfermeira a dizer, prontamente, que a duquesa de Cambridge passou a noite em tranquilidade. Questionada sobre as horas de visita, a enfermeira informou os falsos elementos da família real que podiam aparecer "a partir das 9h".

Os pretensos Isabel II e Carlos, além de tentar imitar a voz e sotaque dos "originais", ainda criaram detalhes como a rainha a insistir com o filho para este ir passear o cão, durante o telefonema, várias vezes interrompido pelo falso príncipe a chamar "mamã, mamã".

A falsa chamada, editada: