Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Apresentadores holandeses submetem-se a trabalho de parto simulado

Mundo

  • 333

A mesma dupla de apresentadores holandeses que, há cerca de um ano, foi acusada de canibalismo, destaca-se agora novamente, desta vez por se submeter a um trabalho de parto simulado. VEJA O VÍDEO

Não é a primeira vez que Dennis Storm e Valerio Zeno, apresentadores do programa de televisão "Proefkonijnen" ("Cobaia", em português) são notícia nos media internacionais. Em dezembro de 2011, escaparam por pouco a um processo judicial depois de terem comido, em direto, um pedacinho de carne um do outro, devidamente cozinhado. Os mesmos apresentadores quiseram agora submeter-se a outro desafio e, no programa que foi para o ar a 14 de janeiro, mostraram as filmagens da experiência de parto a que se submeteram.

Com elétrodos fixos aos seus abdómens, Dennis Storm e Valerio Zeno sofreram as contrações de um trabalho de parto simulado. "Acha que a dor vai fazer-nos gritar?", perguntou Zeno a uma das enfermeiras, antes do início da experiência. "Sem dúvida", foi a resposta.

E, certamente para divertimento das espectadoras, se ao início limitaram-se a uns pequenos gritos, seguidos de muitas gargalhadas, em menos de 10 minutos já estavam em agonia, agarrados a almofadas e em claro sofrimento.

O trabalho de parto simulado durou duas horas.