Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Apresentador terá cometido mais de 200 crimes sexuais

Mundo

  • 333

Getty Images

As autoridades britânicas concluíram que Jimmy Saville, um popular apresentador de rádio e televisão, cometeu mais de 200 abusos sexuais contra várias vítimas, ao longo de mais de cinco décadas

A maioria das vítimas dos 214 crimes listados pela polícia é menor de idade. Hospitais, escolas, reformatórios, prisão psiquiátrica de segurança máxima e uma dependência da BBC são apenas alguns dos locais onde os abusos terão decorrido.

A vítima mais jovem terá sido um menino de 8 anos de idade, enquanto a mais velha tinha 47. A maioria tinha entre 13 e 16 anos.

As suspeitas começaram a surgir nos media britânicos meses depois da morte do popular apresentador de programas infantis, aos 84 anos, em outubro de 2011.

Segundo as autoridades, os testemunhos que têm em mãos traçam um "retrato vívido de uma série de abusos sexuais cometidos por um predador sexual criminoso".

Jimmy Saville, conhecido também pelo seu envolvimento na angariação de fundos para ações de beneficência, chegou a receber o título de "sir".

O relatório de 30 páginas, divulgado nesta sexta-feira, compila as investigações de três meses da Scotland Yard e da Sociedade Nacional de Prevenção à Crueldade Contra Crianças.