Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

África do Sul em choque com caso de taxista moçambicano arrastado por carro da polícia

Mundo

  • 333

Um vídeo amador mostra o jovem a ser algemado a um veículo da polícia, antes de ser arrastado vários metros. O taxista, de 27 anos, acabou por morrer na prisão.VEJA O VÍDEO

Um taxista moçambicano morreu na quinta-feira após agentes da polícia sul-africana o terem amarrado na parte traseira de um carro da corporação e arrastado cerca de 400 metros numa estrada alcatroada, noticiou hoje a imprensa sul-africana.

Imagens captadas por um vídeo amador e que estão a correr o mundo mostram Mido Macia, moçambicano de 27 anos, a ser detido por agentes sul-africanos, após uma discussão sobre estacionamento numa praça de táxi, em Davidton, na província de Gauteng.

Depois de demonstrar resistência, para não entrar no carro celular da polícia, os agentes algemaram-no à parte traseira do veículo policial que, de seguida, se pôs em marcha, arrastando o jovem, que viria a morrer na prisão.

A versão oficial é a de que os polícias detiveram o homem e o fizeram entrar para a carrinha para o levar para esquadra, não conseguindo explicar a causa da sua morte posterior.

Segundo as autoridades, o homem foi detido porque estaria a perturbar o trânsito na zona. 

A autopsia revela que o detido morreu com ferimentos na cabeça e hemorragias internas.