Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Adolescente indiana vítima de violação em grupo suicidou-se

Mundo

  • 333

Getty Images

Enquanto uma jovem de 23, também vítima de uma violação coletiva, "luta contra a morte" num hospital de Singapura, uma adolescente de 17 suicidou-se depois de ter sido pressionada pela polícia para desistir da queixa e casar com um dos violadores

A estudante indiana, de 17 anos, foi encontrada morta, depois de ingerir veneno. Segundo um familiar, citado pela SkyNews, que avança a notícia, a menina foi pressionada pelas autoridades para não apresentar queixa e casar com um dos homens que a violaram. 

A notícia surge no mesmo dia em que os médicos anunciaram que outra jovem, de 23 anos, também vítima de violação coletiva, num autocarro, na Índia, se encontra em estado muito grave.

A polícia indiana anunciou já que os nomes, moradas e fotografias dos violadores condenados vão passar a ser publicados online.

Segundo os números oficiais, do total de mais de 256 mil crimes violentos registados no país no ano passado, quase 229 mil tiveram mulheres como vítimas. Os números reais, no entanto, deverão ser bastante superiores, uma vez que muitas mulheres hesitam em denunciar as agressões.