Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

71 feridos do descarrilamento continuam nos hospitais, 31 em estado grave

Mundo

  • 333

Reuters

Um total de 71 pessoas feridas no acidente de comboio em Santiago de Compostela, Espanha, continuam hospitalizadas, 31 delas em estado crítico

Dos feridos que se encontram em estado mais grave, 28 são adultos e três são crianças, segundo detalham fontes das autoridades de saúde sobre o número de pessoas que hoje ao início da tarde permaneciam nos hospitais na sequência do acidente ferroviário de quarta-feira, no qual morreram 78 pessoas.

Na noite do acidente foram transportadas para hospitais galegos 178 pessoas, algumas das quais foram recebendo alta.

Nas últimas 24 horas saíram dos hospitais dez pessoas, entre elas o maquinista do comboio que descarrilou, Francisco José Garzón, que se encontra detido pela polícia.

As mesmas fontes citadas pela agência EFE indicaram que os feridos atendidos nos hospitais foram identificados e confirmadas as nacionalidades dos não espanhóis. Entre estes há cidadãos da Argentina, Venezuela, Colômbia, Perú, Estados Unidos da América e Reino Unido.

O acidente envolveu um comboio de alta velocidade que descarrilou à entrada da estação de Santiago de Compostela cerca das 20:40 locais (19:40 em Lisboa) de quarta-feira.