Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

“Ninguém merece ter assim tanto dinheiro”, comenta o multimilionário Zuckerberg sobre... os multimilionários

Mundo

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook

Antoine Gyori - Corbis/Getty

O CEO do Facebook diz que não sabe estabelecer um limite para "a quantidade de dinheiro que alguém deve ter" mas reconhece que a partir de certo ponto é demais

“Não sei se tenho um limite exato para a quantidade de dinheiro que alguém deve ter, mas a um certo nível ninguém merece ter tanto dinheiro.” As declarações de Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, foram transmitidas em direto na sua rede social, a propósito de uma pergunta feita por um funcionário sobre as afirmações de Bernie Sanders, candidato democrata às eleições presidenciais americanas de 2020. Zuckerberg admitiu “compreender” as palavras de Sanders que disse que os multimilionários “não deviam existir”.

“Acho que se fazes algo que é bom, és recompensado, mas creio que alguma da riqueza que pode ser acumulada é excessiva”, continuou.

O líder do Facebook, de 35 anos, é a quinta pessoa mais rica do mundo, de acordo com o índice da Bloomberg, com uma fortuna de 70 mil milhões de dólares (cerca de 63 mil milhões de euros).

A sessão de perguntas e repostas com os seus funcionários, num encontro interno da empresa, foi transmitida em direto depois do site de tecnologia The Verge ter publicado áudios da reunião interna do mês de julho, na semana passada. Nesse encontro, Zuckerberg fez referências a outra candidata do partido democrata, Elizabeth Warren, e aos planos de desmantelar algumas empresas tecnológicas.

“Temos alguém como Elizabeth Warren que pensa que a resposta correta é separar as empresas […] se for eleita Presidente, então acredito que teríamos um desafio legal e que o ganharíamos. E isso é mau para nós? Sim. Não quero ter um grande processo legal contra o nosso governo”, disse, na altura.