Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresário brasileiro suicida-se durante um evento com um ministro e um governador

Mundo

Instagram

Decorria o “Simpósio de Oportunidades – Novo Cenário da Cadeia do Gás Natural em Sergipe” quando, da plateia, se ouviu um disparo. Sadi Gitz tinha 70 anos e era empresário do setor da cerâmica

Esta manhã, um empresário brasileiro suicidou-se durante um evento em que o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas estavam presentes. Sadi Gitz tinha 70 anos e era empresário do setor da cerâmica. O evento estava a ser gravado e transmitido em direto no Instagram do governador.

O jornal Estado de São Paulo relata que “fontes do governo estadual contaram que o empresário era dono de uma fábrica de revestimentos cerâmicos que estava com as atividades suspensas por causa do alto preço do gás”, o que conduziu à falência da mesma. Por outro lado, o Globo adianta que Sadir Gitz estaria a enfrentar um “processo de recuperação judicial da empresa”.

Alguns jornalistas brasileiros relacionam os dois acontecimentos, apesar de não haver qualquer confirmação sobre os motivos que levaram o empresário a cometer suicídio.

O governo de Sergipe acabou por cancelar o evento e publicar uma nota de pesar pela morte do empresário.