Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tailândia: Médico e mergulhadores que estiveram junto do grupo também estão fora da gruta

Mundo

LILLIAN SUWANRUMPHA/ Getty Images

O médico e os três mergulhadores da Marinha tailandesa que permaneceram durante vários dias junto ao grupo preso numa gruta na Tailândia já saíram e estão bem

Em declarações citadas pelas agências internacionais, o responsável pela operação de resgate e governador da região de Chiang Rai (onde fica localizada a gruta), Narongsak Osottanakorn, destacou igualmente a dificuldade e a grandiosidade da operação de resgate do grupo, composto por jovens futebolistas com idades entre os 11 e os 16 anos e pelo seu treinador de 25 anos, que hoje foi concluída com sucesso.

"Fizemos algo que ninguém imaginou ser possível", disse o responsável.

A terceira fase da operação de resgate foi hoje concluída com a saída das últimas quatro crianças e do treinador.

As restantes crianças já tinham sido resgatadas, igualmente com sucesso, no domingo e na segunda-feira.

A Marinha tailandesa confirmou também a saída segura do médico e dos mergulhadores da gruta, ao publicar uma fotografia dos quatro elementos na sua página oficial na rede social Facebook.

Estes quatro elementos permaneceram junto dos 12 jovens jogadores de futebol e do seu treinador desde que estes foram encontrados pelas autoridades.

O grupo estava preso numa gruta na província de Chiang Rai (no norte da Tailândia), de difícil acesso, desde o passado dia 23 de junho.

Na altura, as inundações resultantes das monções bloquearam-lhes a saída da gruta e impediram que as equipas de resgate os encontrassem durante nove dias.

Lusa