Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Criador de Uma Família Muito Moderna ameaça deixar a Fox, por causa de Trump

Mundo

Steven Levitan com os atores Sofia Vergara e Eric Stonestreet

Todd Williamson / GettyImages

Ao fim e mais de vinte anos de ligação, o argumentista Steve Levitan anunciou estar farto do apoio dado pela Fox News à política de Trump

Sara Sá

Sara Sá

Jornalista

Steve Levitan, criador da multi-premiada comédia Uma Família Muito Moderna, disse basta. Ao fim e mais de vinte anos de ligação aos estúdios da Fox, o argumentista de Chicago anunciou no Twitter estar farto do apoio da empresa, através do canal de notícias Fox News, à política de Trump.

"Não tenho problema em aceitar o conservadorismo baseado em factos, como o do Wall Street Journal. constante Já engolir o constante apoio às mentiras de Trump, a teorias da conspiração e à NRA [organização que promove o direito à utilização de armas de fogo] é mais difícil." Tal como outros artistas têm vindo a fazer, Steve Levitan mostra assim a sua revolta contra a política de emigração de Trump, responsável pela separação de crianças mexicanas dos seus pais, na fronteira entre os EUA e México.

A entrar na nona temporada em Portugal (estreia-se a 2 de julho na Fox Comedy), a série - que já venceu 22 Emys - é conhecida por promover a inclusão, indo num sentido totalmente oposto ao da administração republicana. De qualquer modo, os fãs da família Pritchet já estavam preparados para se despedirem dos seus personagens, uma vez que só estava prevista mais um temporada.

"Nunca pensei que chegássemos às dez temporadas", admitiu Steve Levitan, que também esteve envolvido na série de comédia Frasier. Nos EUA, a série passa no canal ABC, detido pela Walt Disney Company, que por sua vez anda há quase um ano em negociações para adquirir o grupo Fox. Pode ser que os milhões de fãs de Gloria, Cam, Jay e companhia ainda venham a ser salvos pela magia do mundo Disney.