Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais um acidente com armas na América: Menina de três anos atinge a tiro mãe grávida

Mundo

O massacre numa escola da Florida, nos EUA, que vitimou 17 pessoas, relançou o debate sobre a venda de armas

Rick Gershon/Getty Images

Uma criança de anos atingiu a mãe a tiro com uma arma que o pai deixou carregada dentro do carro enquanto foi às compras

A mulher de 21 anos, identificada como Shaneque Thomas, está grávida de seis semanas e foi atingida a tiro no ombro, na passada terça-feira, no estacionamento de uma loja em Merrillville, Indiana, EUA.

Segundo a polícia, o companheiro e pai dos dois filhos da vítima, Menzo Brazier, deixou a sua arma de 9 mm carregada no carro, junto ao lugar do passageiro. Não se sabe como é que a menina de três anos conseguiu pegar na pistola e puxar o gatilho, mas o certo é que a bala atravessou o banco e atingiu Shaneque no ombro direito.

"[A menina] não fazia ideia do que tinha feito e estava muito assustada", adiantou o detetive James Bogner à NBC Chicago

As autoridades explicam ainda que a jovem conseguiu sair do carro, mas acabou por cair.

Aos meios de comunicação locais, várias testemunhas contaram que ouviram gritos e uma pessoa no chão, a sangrar, enquanto os funcionários da loja levaram as crianças para o interior (o irmão da menina que disparou tem um ano) e tentaram acalmá-las.

A mulher foi hospitalizada, mas encontra-se estável, segundo a WLS.

Menzo Brazier é acusado de colocar em risco a vida das crianças, que se encontram agora ao cuidado dos serviços de proteção de menores.