Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

O que este casamento real tem de diferente dos outros

Mundo

Chris Jackson/ Getty Images

O casamento real aproxima-se a passos largos. A cerimónia que marcará a união entre o Príncipe Harry e Meghan Markle está agendada para o dia 19 de maio e corta com a tradição em vários aspetos

Paulo Miguel Godinho

Ao meio-dia de dia 19 de maio, os sinos da capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, vão anunciar o enlace entre Harry, Príncipe de Gales e Meghan Markle. A cerimónia religiosa será celebrada pelo Acerbispo de Cantuária e são 600 os convidados que vão testemunhar o "sim".

A data escolhida para a união quebra com algumas tradições da família real britânica. Este será o primeiro casamento realizado em maio, desde que, no século XIX, a Rainha Vitória proibiu que os seus herdeiros se casassem neste mês. Tudo por causa de uma rima antiga que diz: ""Marry in May and rue the day" - "Casa em Maio e terás o dia estragado", em português.

Outra das práticas habituais da realeza britânica que conhece o fim com o enlace entre o quinto herdeiro à coroa e a atriz de "Suits" é o dia da semana escolhido para a cerimónia. Normalmente, os casamentos são realizados durante a semana, garantindo um feriado aos cidadãos. Aconteceu com a Rainha Isabel, que casou numa quinta-feira; com o Príncipe Carlos, cujo primeiro matrimónio se realizou a uma quarta-feira. O casamento mais recente, entre William e Kate, aconteceu a uma sexta.

Depois da confirmação do matrimónio, os recém-casados vão sair em cortejo, de carruagem até ao castelo de Windsor. Uma oportunidade para todos os que quiserem acompanhá-los de perto. Para aqueles que não desejem ou não possam deslocar-se até Windsor, o casamento estará acessível aos olhos de todos, uma vez que, será transmitido em várias plataformas, desde a televisão ao online.

O resto do dia será preenchido com uma receção no St. George's hall, no castelo de Windsor, onde os convidados serão recebidos pela rainha Isabel II. À noite será a vez do Príncipe Carlos - o primeiro na linha de sucessão à coroa britânica vai acolher na Frogmore House, um convívio de caráter mais privado que contará com a presença de cerca de cerca de 200 pessoas, entre familiares e amigos mais próximos.

O bolo escolhido pelo casal também rompe com a tradição da família real, uma vez que será um bolo de limão e flor de sabugueiro, coberto com creme de manteiga e embelezado com flores frescas, ao contrário do bolo de frutas que é normalmente eleito para estas celebrações,. A confeção está nas mãos de Claire Ptak, que gere a Violet Bakery, no este de Londres.