Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Professor com treino em uso de armas dispara acidentalmente numa escola durante uma aula sobre segurança

Mundo

Win McNamee/ Getty Images

Dificilmente o episódio, que teve lugar na terça-feira, numa escola secundária na Califórnia, podia ser mais irónico

Enquanto o Presidente norte-americano, Donald Trump, insiste que armar e treinar os professores é a melhor solução para lidar com os tiroteios nas escolas, um professor, que também é agente da polícia na reserva, disparou sem querer durante uma aula dedicada à segurança numa escola em Monterey, Califórnia. Um aluno de 17 anos ficou ferido, mas sem gravidade, segundo vários meios de comunicação dos EUA.

Um comunicado da escola adianta a arma estava apontada ao teto quando disparou, enquanto a polícia de Seaside garante que o jovem foi atingido no pescoço por fragmentos que caíram e não por uma bala.

À KSBW, o pai do aluno relata que o professor disse à turma que ia virar a arma para o teto para garantir que não estava carregada. "É de loucos. Podia ter sido muito mau", afirma Fermin Gonzales, que viu o filho chegar a casa com sangue na roupa e, alega, fragmentos de bala no pesçoco.

Dennis Alexander, o professor de matemática que protagoniza este episódio teve, de acordo com Brian Ferrante, chefe da polícia de Sand City, a que pertence, o seu último treino de segurança sobre o uso de armas há menos de um ano. "Preocupa-me que ele estivesse a mostrar uma arma carregada numa sala de armas", disse Ferrante à KSBW.

O docente foi afastado da escola enquanto decorre a investigação.