Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pelo menos 40 mortos em explosões em Cabul

Mundo

Omar Sobhani/ Reuters

Pelo menos 40 pessoas morreram hoje em várias explosões contra um centro cultural xiita em Cabul, informou o Ministério do Interior do Afeganistão, em novo balanço

"O alvo do ataque foi o centro cultural Tabayan. Uma cerimónia estava a ser realizada por ocasião do 38.º aniversário da invasão soviética do Afeganistão quando ocorreu uma (primeira) explosão", disse à AFP o porta-voz adjunto do Ministério do Interior, Nasrat Rahimi.

O mesmo imóvel alberga uma mesquita e os escritórios da agência de notícias afegã Sada-e-Afghan, inicialmente também considerada como possível alvo do ataque.

Um balanço inicial do governo afegão dava conta de pelo menos cinco mortos e seis feridos.

A agência de notícias espanhola Efe refere que além de 40 mortos, as explosões da manhã de hoje causaram pelo menos 30 feridos.

A capital afegã tem sido alvo este ano de graves atentados.

No final de maio, Cabul registou o pior atentado no país desde 2001, quando um camião carregado de explosivos causou 150 mortos e mais de 300 feridos.

Desde o final da missão de combate da NATO em janeiro de 2015, Cabul tem vindo a perder terreno perante os rebeldes até controlar apenas 57% do país, segundo o inspetor especial geral da Reconstrução do Afeganistão (SIGAR) do Congresso dos Estados Unidos.