Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Respirar em Nova Deli equivale a fumar 44 cigarros por dia

Mundo

Saumya Khandelwal/ Reuters

A nuvem espessa com níveis perigosos de poluição, que se abateu sobre a capital indiana levou as autoridades a pedir esta semana o encerramento de escolas e o cancelamento de uma maratona

Os efeitos na saúde da neblina densa que se abateu sobre Nova Deli na terça-feira tornaram-se rapidamente claros. E na vida da cidade também: devido à falta de visibilidade, as ligações ferroviárias foram canceladas, voos foram adiados e os acidentes de carro multiplicam-se.

Com a aproximação do inverno, é comum que zonas do norte da Índia fiquem cobertas por uma espessa mistura de fumo e nevoeiro (‘smog’), causada por pó, queima de plantações, emissões de fábricas e queima de carvão e de pilhas de lixo, uma forma de a população mais pobre se aquecer.

Nos últimos dias, os valores chegaram à marca de 1000 no índice de qualidade do ar, quando a Organização Mundial de Saúde considera perigoso qualquer valor acima de 25 (as partículas microscópicas concentradas no ar chegam aos pulmões e podem passar para outros órgãos, representando um sério risco para a saúde). A tal ponto que que, segundo o grupo independente de Berkeley Earth, respirar ar com uma concentração de partículas com valores entre os 950 e os 1000 é considerado equivalente a fumar 44 cigarros por dia.

A Associação Médica Indiana alertou que a cidade se encontra numa situação de “emergência de saúde pública” e apelou às autoridades para encerrarem as escolas e impedirem desportos e outras atividades ao ar livre nas escolas.

Os médicos também advertem que a meia maratona de Deli, marcada para dia 19, poderá prejudicar os participantes, porque a qualidade do ar é pior durante a manhã, quando a corrida está prevista.

Nova Deli tem procurado aplicar medidas para controlar a poluição, nos últimos dois anos, entre as quais restrições às emissões dos veículos e de fábricas e redução do número de carros nas estradas. Mas tem sido mais difícil impor regras sobre a queima de plantações e de lixo e sobre poeiras causadas por obras.

Kejriwal pediu o apoio dos Estados vizinhos de Punjab e Haryana para que acabem com a queima de plantações, mas sem grandes resultados.

"Todos juntos conseguimos encontrar uma solução para isto", disse, numa mensagem no Twitter, acrescentando que a cidade se transforma numa "câmara de gás durante quase um mês" todos os anos.