Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Funções de Carles Puigdemont assumidas por vice de Rajoy

Mundo

Festa na Catalunha depois de o parlamento regional declarar independência

Yves Herman/ Reuters

O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, delegou na sua vice-presidente, Soraya Sáenz de Santamaria, as funções e competências do presidente do governo da Catalunha cessante, Carles Puigdemont

Este procedimento consta no decreto real que designa os órgãos e autoridades encarregadas de dar cumprimento às medidas acordadas para a Catalunha na aplicação do artigo 155 da Constituição espanhola.

Neste texto, publicado esta manhã no Diário Oficial do Estado, está determinado que o Presidente do Governo assume as funções e competências que correspondem ao presidente da Generalitat da Catalunha previsto no estatuto.

No entanto, outro artigo do decreto especifica que Rajoy delega essas funções na vice-presidente, de acordo com o que está estabelecido na lei do Governo.

Esta norma permite que o presidente do Governo possa delegar competências próprias em favor de seu vice-presidente e de ministros.

O parlamento regional da Catalunha aprovou na sexta-feira a independência da região de Espanha, numa votação sem a presença da oposição, que abandonou a Assembleia Regional e deixou bandeiras espanholas nos lugares que ocupavam.

Quase ao mesmo tempo, em Madrid, o Senado aprovava a intervenção na autonomia catalã, tendo o Governo espanhol reunido em seguida para aprovar as medidas para restituir a legalidade institucional na região.

O Governo central anunciou ao fim do dia de sexta-feira a dissolução do parlamento regional, a realização de eleições em 21 de dezembro próximo e a destituição de todo o Governo catalão, entre outras medidas.

com Lusa

  • Eleições na Catalunha a 21 de dezembro

    Mundo

    O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, anunciou hoje que marcou eleições autonómicas na Catalunha para 21 de dezembro, por ter dissolvido o parlamento regional, na sequência da declaração unilateral de independência