Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Carro atropela protestantes antinacionalistas na América

Mundo

Um dos feridos a ser assistido pelas várias equipas médicas que se deslocaram ao local

Joshua Roberts

A marcha do movimento nacionalista de supremacia branca, em Charlottesville, no estado da Virginia, já tinha provocado confrontos com opositores da causa, que depois foram atropelados, num incidente que causou pelo menos um morto e vários feridos

Um carro atingiu este sábado várias pessoas que estavam no centro da cidade americana de Charlottesville, após a realização de uma marcha supremacista branca que foi proibida pelas autoridades locais, causando pelo menos um morto.

"Estou desolado com a perda de uma vida. Peço a todas as pessoas bem-intencionadas: vão para casa", escreveu o governador Mike Singer, na sua conta de twitter.

Num vídeo amador divulgado nas redes sociais, relatado pela agência noticiosa francesa France Presse (AFP), é visível que um carro de cor escura bate de forma violenta na parte traseira de um outro veículo e que faz depois uma manobra em sentido inverso, contra as pessoas.

Além da vítima mortal já confirmada pela autoridades, há cerca de 20 feridos a registar.

O incidente ocorreu cerca de duas horas após os confrontos violentos que envolveram apoiantes do protesto nacionalista e pessoas que se insurgiram contra o movimento, que obrigaram a polícia de intervenção a agir.

O Presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, já condenou os "terríveis acontecimentos".

Antes do atropelamento, já tinham existido confrontos que obrigaram à intervenão policial

Antes do atropelamento, já tinham existido confrontos que obrigaram à intervenão policial

Joshua Roberts