Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Dezenas de detidos em operação internacional contra máfia napolitana

Mundo

Graeme Robertson/ Getty Images

Mais de dez pessoas foram detidas na Catalunha, no âmbito de uma operação internacional contra o branqueamento de capitais relacionados com a Camorra

A maioria dos detidos, 13, na cidade de Barcelona e noutras localidades da província espanhola são de nacionalidade italiana, embora também tenham sido detidos um espanhol, um venezuelano, um chileno e um colombiano.

Esta operação internacional é liderada na Catalunha pela Unidade Central Operativa (UCO) da Guardia Civil e os Mossos d'Esquadra (Catalunha) e dirigida pelo tribunal número 6 da Audiência Nacional (tribunal especial espanhol para os crimes mais graves ou complexos), indicou em comunicado.

Em Itália foram detidas 14 pessoas e na Alemanha duas.

Os detidos são acusados dos crimes de organização criminosa, branqueamento de capitais e tráfico de droga (cocaína e haxixe) em vários países europeus.

Os agentes realizaram 15 buscas em Barcelona e respetiva área metropolitana, tendo aprendido documentação física e em ficheiros informáticos, além de duas buscas em Itália e seis na Alemanha.

Nos três países foram apreendidos ativos relacionados com o tráfico de drogas e branqueamento de capitais no valor de cinco milhões de euros.

As autoridades judiciais dos três países trabalham há três meses na investigação desta organização criminosa dedicada ao branqueamento de capital do narcotráfico, através de empresas do setor da restauração, compra e venda de veículos e joias, entre outras.

No âmbito das buscas, a equipa conjunta de investigação Espanha-Itália, apreendeu 520 quilogramas de cocaína e mais de 450 quilogramas de haxixe e marijuana.

O Ministério Público destacou o êxito desta equipa conjunta, instrumento de cooperação judicial e policial da UE na execução de investigações a organizações de âmbito transnacional.

Os dispositivos policiais de cada país foram coordenados pela Europol, que destacou efetivos próprios para cada um dos locais em que a operação está a ser executada.