Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-ministra francesa ficou inconsciente após ter sido confrontada na rua por um homem que conseguiu escapar

Mundo

  • 333

Um fotógrafo da AFP captou o momento do confronto

GEOFFROY VAN DER HASSELT

Nathalie Kosciusko-Morizet, que também já tinha sido porta-voz de Nicolas Sarkozy, estava em plena ação de campanha, em Paris, quando foi abordada por um homem de meia-idade. A candidata a deputada, nas eleições legislativas do próximo domingo, foi assistida no local e transportada ao hospital

Rui Antunes

Rui Antunes

Jornalista

GEOFFROY VAN DER HASSELT

Não são conhecidos os contornos exatos em que o incidente ocorreu, mas Nathalie Kosciusko-Morizet, candidata ao Parlamento francês nas eleições de domingo, ficou inanimada, durante alguns minutos, depois de ter sido confrontada por um homem de meia-idade enquanto fazia campanha nas ruas de Paris.

Segundo um jornalista da agência France Presse, citado pelo jornal britânico The Guardian, a ex-ministra do Ambiente e também ex-porta-voz de Nicolas Sarkozy distribuía panfletos quando o homem lhos arrancou da mão, para em seguida lhos atirar à cara. Na tentativa de se proteger, Nathalie Kosciusko-Morizet ter-se-á desequilibrado e batido com a cabeça no chão, o que a deixou inconsciente. Assistida no local pelos bombeiros, foi depois transportada ao hospital.

O homem, que segundo testemunhas no local lhe dirigiu vários insultos, conseguiu fugir para a estação de metro mais próxima, quando a viu caída no chão.

Nathalie Kosciusko-Morizet é candidata a deputada pelo partido conservador Les Républicains e, em 2014, perdeu a eleição para a prefeitura de Paris.