Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Banksy desenha desintegração da União Europeia

Mundo

Artista britânico pintou um mural em Dover no qual mostra a bandeira da comunidade a perder uma das estrelas.

Francisco Perez

O referendo que ditou a saída do Reino Unido da União Europeia (UE) foi há quase um ano, mas não é por isso que Banksy se esquece. Em Dover, cidade localizada no sudeste inglês do Condado de Kent, o artista expressou a sua opinião quanto ao “Brexit”.

No mural, Banksy pintou um homem a destruir uma das 12 estrelas da bandeira europeia, numa clara alusão ao processo já aprovado pelo Parlamento britânico, e cujas negociações estão a decorrer entre Londres e Bruxelas.

Instagram

As estrelas imortalizadas na bandeira do bloco europeu não representam o número de estados-membros. Aliás, em 1985, quando esta foi adotada por todos os dirigentes da UE, a comunidade era constituída por nove países.

O símbolo da organização, constituído por um fundo azul com doze estrelas douradas, preconiza os ideais de unidade, solidariedade e harmonia entre a população europeia.

As reações ao projeto de Banksy não se fizeram tardar. Se uns gostaram da “forma subtil” como o desenho foi conseguido e da sua crítica subjacente, outros criticam o artista de ter filiações partidárias com os movimentos eurocéticos britânicos, e pela demora na concretização.

Esta não é, no entanto, a primeira vez que Banksy demonstrou a sua criatividade em Kent. Em 2014, pintou um mural de uma mulher a olhar para um plinto vazio no Folkestone Park.