Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Pelo menos 10 mortos e 50 feridos em explosão no metro de São Petersburgo

Mundo

Já circulam na Internet vários vídeos com imagens dos momentos que se seguiram à explosão numa composição do Metropolitano

Segundo o Comité Nacional Antiterrorista russo, o engenho que explodiu dentro de um comboio entre duas estações de metro no centro de São Petersburgo era uma bomba improvisada cheia de estilhaços.

Inicialmente, as agências noticiosas russas referiram a existência de uma segunda explosão numa estação próxima, mas não há ainda qualquer confirmação oficial, escreve a agência Bloomberg, que cita a russa Interfax. A agência russa diz que a bomba parece ter sido colocada no comboio e não detonada por um bombista suicida.

Várias estações foram evacuadas e fechadas ao público.

Nas redes sociais foram publicadas várias fotos na sequência da explosão, mostrando pessoas feridas no chão de uma das estações do centro da segunda maior cidade russa.

A explosão ocorreu por volta das 14h30 locais (11h30 de Lisboa) quando o comboio estava a sair da estação.

Testemunhas relatam que os passageiros tiveram de sair das carruagens pelas janelas porque as portas deixaram de funcionar.

O Presidente russo, Vladimir Putin, considera que "ainda é cedo" para saber o que provocou a explosão, mas que pode tratar-se de um ato "criminoso ou terrorista".