Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Este é Khalid Masood, o homem que atacou o coração de Londres

Mundo

Nasceu Adrian Russell, mas mudou o nome para Khalid Masood quando se converteu ao Islão. Aos 52 anos, transformou uma terça-feira normal em Londres num dia de terror

"Um tipo simpático" com uma "família normal". Os antigos vizinhos descrevem assim o autor do atentado em Westminster, que matou três pessoas antes de ser abatido a tiro pela polícia.

Adrian Russell Ajao nasceu em Kent, no sudeste de Inglaterra e, nos últimos anos, residiu na região das West Midlands. Khalid Masood, como foi identificado pelas autoridades, já tinha sido condenado por posse de arma branca, ofensas à ordem pública e crime violento (segundo a Scotland Yard, esfaqueou um homem na cara, deixando-o a necessitar de cirurgia corretiva) e terá sido na prisão que se convertou ao Islamismo.

A sua primeira condenação foi em novembro de 1983 e a última em dezembro de 2003, por posse de arma branca, mas as autoridades nunca encontraram qualquer ligação ao terrorismo. Encontraram, isso sim, vários nomes diferentes, que estão agora a analisar.

Ao The Indepedent, os vizinhos não concordaram sobre o número de filhos, com uns a mencionarem três e outros quatro. Segundo o Daily Mail, Khalid Masood, 52 anos, é descrito como um praticante de musculação. "Ele lavava o carro, cortava a relva", recorda, em choque, a vizinho Ciaran Molloy, 27 anos. "Era bastante simpático e educado em todas as interações", acrescenta. Uma das crianças do bairro onde vivia contou ao The Independent que, nas últimas férias de verão, jogou à bola com Masood e com outra criança, de cerca de 7 anos. Kaodi Campbell, 25 anos, também se lembra de um homem "simpático", que a ajudou várias vezes a ligar o carro.