Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Marines investigados por suspeita de partilhar fotos de colegas nuas no Facebok

Mundo

© Athit Perawongmetha / Reuters

O Departamento de Estado norte-americano está a investigar um grupo fechado no Facebook onde elementos dos Marines alegadamente partilhavam fotos de colegas nuas ou semi-nuas sem o seu conhecimento

As fotografias, publicadas num grupo no Facebook onde só se entrava com permissão e que, entretanto já foi encerrado eram acompanhadas por comentários que a BBC descreve como "mensagens sexuais altamente agressivas".

Do grupo, auto-intitulado "Marines United", fariam parte cerca de 30 mil marines, no ativo e já reformados, do sexo masculino.

O caso já está a ser investigado pelo Departamento de Defesa americano, depois de uma denúncia da organização The War Horse, liderada pelo veterano Thomas Brennan.

Num texto publicado este fim de semana, Brennan refere através do grupo foram partilhadas "centenas, talvez milhares" de fotografias de mulheres que integram aquela força especial, sem roupa, ou quase.

Em comunicado, os responsáveis dos Marines já agradeceram ao veterano, garantindo que a denúncia permitiu-lhes agir para retirar as fotos e preparar um eventual apoio às vítimas.