Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Votação sobre casamento gay: Bispo admite que se enganou no botão e pode não ter sido caso único

Mundo

  • 333

© Hannah Mckay / Reuters

A confusão instalou-se na decisiva votação da Igreja Anglicana sobre o casamento homossexual, com pelo menos um bispo a admitir que votou pela alteração da posição da igreja sobre o tema por engano

"Um momento de distração", nas palavras do próprio, levou o bispo de Coventry a votar contra o documento que defende que a Igreja Anglicana deve manter a posição atual sobre o casamento gay e que determina que a oficialização religiosa de uma união só pode ser feita entre um homem e uma mulher. Christopher Cocksworth afirma ainda que houve "alguma confusão durante o processo de votação", que acabaria por resultar, na noite de quarta-feira, na rejeição do documento, por 100 votos contra 93.

O bispo garante que queria votar a favor do relatório elaborado pelos seus pares e que ficou "envergonhado" por ter, acidentalmente, carregado no botão errado.

Segundo a imprensa britânica, o caso não é único e o reverendo da Canturária diz que ouviu outros elementos lamentarem ter votado "não" por engano ou não terem a certeza sequer do sentido em que votaram.

Um porta-voz da Igreja Anglicana já veio a público dizer não ter conhecimento de nenhum voto por engano.

O dispositvo usado para a votação tem três botões: um para aprovação, outro para rejeição e o terceiro para a abstenção.